Publicado por: Miscelânea | 16/02/2010

Novo Endereço!

Por Mariana Bombi

Olá GAlera do Miscelanea!!

Gostaria de avisar a vocês que os posts de MODA das quartas-feiras vão estar agora em um novo endereço!

Acessem o www.atitudefashion.worpress.com para conferir os novos e também antigos textos de moda escritos por mim, Mariana Bombi!

Espero o clique de vocês lá!

😉

Anúncios
Publicado por: Miscelânea | 30/11/2009

Obrigado a todos vocês!

Por Ruan Segretti

Olá blogueiros, internautas e afins do miscelânea! estou aqui mandando o último post do nosso blog para agradecer a todos que nos acompanharam durante esse semestre de 2009. Nós aqui da equipe do Blog,  Ruan Segretti (esportes), Lautaro de Lima (técnologia), Mariana Yasmim (moda) e Matheus Santos (Cinema), desejamos a todos muito boa sorte nesse final de ano, um bom Natal um feliz ano novo! E que venha 2010 o ano da Copa do mundo (eu tinha que citar né? afinal eu sou da editoria de esportes), com mais um título para a seleção brasileira! Rumo ao HEXA Brasil!

Feliz NATAL de toda galera do miscelânea pra vocês

Publicado por: Miscelânea | 25/11/2009

Tavi Gevinson a menina prodígio da Moda

Por Mariana Bombi

O post de hoje é sobre uma garota de Illinois (Chicago, EUA), blogueira e fashionista que virou referência no universo da moda.

Os looks de Tavi podem ser vistos em seu blog Style Rookie

Até aí, nenhuma novidade… Mas Tavi Gevinson tem apenas 13 anos! Isso mesmo, a menina surpreende pelo conhecimento assustador digno de fashionistas experientes, seus textos irreverentes e seus looks visionários são marca registrada em seu blog Style Rookie.

Todo esse know-how gerou desconfiança sobre a autoria do seu conteúdo online, mas logo as suposições caíram por terra, quando as irmãs  Kate e Laura Mulleavy, responsáveis pela marca Rodarte, conheceram Tavi pessoalmente.

“Ela faz com que a gente pense de uma forma diferente”, disse Kate, para o jornal britânico “Guardian”.

Dentre os fãs de Tavi, estão presentes nomes de peso como o de Karl Lagerfeld, Yohji Yamamoto… Sua estilista favorita? Rei Kawakubo (a fashion designer japonesa). Nesta semana, ela viajou para Tókio e terá o privilegio de conhecê-la.

E não para por aí, nos últimos meses, ela já esteve na disputadíssima primeira fila da semana de moda de Nova York, saiu na revistas Love, foi capa da revista POP, participou da reunião promovida pelo estilista Alexander Wang para comemorar o lançamento da coleção primavera-verão 2010, esteve na festa de inauguração da livraria Prada e em um de seus posts mais recentes estão fotos da festa de gala em comemoração aos 30 anos da Moca (Museu de arte conteporanea de Los Angeles), com celebridades como Jessica Alba, Ciara, Gwen Stefani, Chloe Sevigny e mais.

A menina surpreende pela sua criatividade.

“Moda vai além de uma obsessão, é um vício. Eu amo muito”. Afirma Tavi

Resta saber até que ponto suas atitudes e todo esse glamour que a cerca são saudáveis para uma garota de apenas 13 anos.

Publicado por: Miscelânea | 24/11/2009

Início semelhante com desfechos distintos

Por Lautaro de Lima

 

Olá amigos navegantes! Na área da informática já existiram diversos prodígios. No meu trabalho de pesquisa tentei encontrar alguns mais atuais e encontrei dois com histórias interessantes. Uma um tanto quanto trágica e outra de sucesso.

Em 2000, Derek Jacobs conquistou um certificado de engenheiro de sistemas da Microsoft, também recebeu um certificado da Cisco ( companhia que oferece soluções para redes e comunicações na fabricação e na venda), o que o possibilitou montar e operar redes corporativas isso tudo quando tinha apenas 12 anos.

Derek em 2002: chip ajudaria seu pai doente

Aos 14 o garoto ficou famoso de vez, pois inseriu, junto a família, um implante de chip de identificação com transmissão ao vivo pela TV. A idéia era de ter o produto da VeriChip IDs como uma maneira de registrar informações médicas para seu pai, que sofria de uma série de doenças, inclusive câncer.

Derek era um garoto prodígio e precoce. Infelizmente sua vida também foi precoce. Aos 18 anos o rapaz perdeu o controle de sua moto, atingiu em cheio um poste e, apesar de estar com capacete, morreu. Havia dois anos que estava cursando engenharia na Universidade Internacional da Flórida, ele se formaria no fim do mesmo ano: 2006.

Já o brasileiro Jonas Galvez teve uma trajetória mais feliz. Em 1997, quando estava na 8ªsérie do ensino fundamental ele iniciou uma vida atípica para os garotos de sua idade, pois ele havia acabado de lançar o seu primeiro sobre flash.

O garoto sempre mostrou ser diferenciado. Ajudava seu pai, advogado a fazer documentos e apresentações. O interesse pala programação veio naturalmente para automatizar a geração desses documentos. A partir dai seu interesse pela informática só aumentou. Com 14 já trabalhava com a programação flash tema de seus dois livros. Assim também conheceu o dinheiro.

Jacobs iniciou o convívio com o dinheiro após seus 2 livros sobre Flash

Com 17 anos o rapaz já se sustentava como free-lance para a enorme Macromedia. Porém Jonas teve que mudar o rumo de sua carreira; o flash estava se tornando assunto desgastado e ele queria prosperar. A área das tecnologias opensources foi à escolhida por ele que, atualmente, trabalha na empresa americana Blogamundo (um agregador de blogs que facilita a vida de tradutores e pessoas que escrevem em mais de um idioma). Seu papel implica na projeção da arquitetura do sistema.

Jonas tem consciência de que perdeu a adolescência, mas ganhou em independência e em tempo livre, pois realiza seu trabalho em casa.

Publicado por: Miscelânea | 24/11/2009

Um Prodígio da bola

Lionel Andrés Messi

Por Ruan Segretti

Fala galera dessa Miscelânea! Essa semana estamos falando sobre prodígios! Começamos com o cinema com Macaulay Culkin, e agora passamos para esportes onde vou apresentar 2 prodígios um nesse primeiro post e mais tarde eu volto com mais um prodígio pra vocês.

O primeiro prodígio que vou falar é: Lionel Andrés Messi, jogador de futebol argentino. Mas porque prodígio vocês devem estar se perguntando, simples, Messi saiu de Rosário (cidade onde nasceu no dia 24 de Julho de 1987) com apenas 13 anos para jogar no Barcelona, na Espanha, mas a historia do garotinho Lionel não foi nenhum conto de fadas no início de sua carreira.

Messi quando pequeno jogava pelo Newell’s Old Boys, porém aos 11 anos de idade foi detectado nele um problema hormonal que impedia seu crescimento ósseo o tratamento era muito caro o a equipe se recusou a pagar, os pais de Messi então tentaram coloca-lo no River Plate, que também se recusou a pagar o tratamento, daí então o pai de Messi resolveu entrar em contato com parentes que moravam na Espanha, e eles conseguiram um teste para Lionel no Barcelona.

O garotinho de apenas 13 anos, deixou o técnico do time mirim do Barcelona de boca aberta:

Eu o contrarei em 30 segundos; ele me chamou muita atenção. Em meus 40 anos de futebol, jamais havia visto coisa semelhante. De cinco situações de gol, converte quatro. E tem uma habilidade excepcional. Me lembrou o melhor de Maradona. Seu primeiro contrato eu assinei, simbolicamente, em um guardanapo: queria contratá-lo o quanto antes, não podia deixá-lo escapar”, declarou Carles Rexach.

Desse momento em diante o craque do Barça e da seleção argentina de futebol vem encantando o mundo com belas jogadas e grandes conquistas.

Prêmios individuais

  • Eleito “Melhor jogador” da Copa do Mundo sub-20 2005
  • Artilheiro da Copa do Mundo sub-20 2005
  • Prêmio Golden Boy ao melhor jogador jovem do mundo: 2005, dado pela revista italiana Tuttosport
  • Eleito pela FIFA o 2º melhor jogador do mundo: 2007 e 2008
  • Marcador do gol 5000 do F.C. Barcelona no Campeonato Espanhol
  • Artilheiro da UEFA Champions League 2008-09 (9 gols)
  • Melhor jogador da UEFA Champions League 2008-09
Publicado por: Miscelânea | 22/11/2009

Um prodígio esquecido

 

Por Matheus Santos

 

Olá galera que acompanha nosso blog, está semana falaremos dos prodígios.  Aquelas crianças que aparecem com habilidades em certas áreas que geralmente só são dominadas por adultos. Algumas até continuam a dominar com excelência estas habilidades quando adultos, enquanto outros não desenvolvem mais após um certo período. Um caso curioso, polêmico e complicado, foi o que aconteceu como ator Macaulay Culkin, lembram-se?

Macaulay conseguiu se consagrar e  cravou seu nome na história do cinema como mais bem-sucedido ator da categoria infantil.Ele começou a carreira muito cedo, e logo estourou nas “telonas”. O Sucesso veio nos anos 90 quando tinha apenas 10 anos, em Esqueceram de Mim, comédia em interpretava Kelvin, garoto que foi esquecido pela família quando saiam de casa para uma viagem de férias. Este filme e Esqueceram de Mim 2, que veio logo em seguida,  redeu-lhe fortuna, fama e glamour, e até hoje é reprizado nos periodos natalinos .

 

Em 1991 mais um filme, Meu Primeiro Amor, em 94 outro sucesso, O Riquinho, em seguida as crises – enquanto seus pais engalfinhavam numa batalha por sua fortuna de 17 milhões de dólares, Macaulay sumia das telas.  

Em 1994, a muito custo, o ator garantiu na Justiça o direito de cuidar de seu próprio dinheiro. Já a carreira continuava na mesma, embora garantisse que seu afastamento do cinema era volutário. Em 2003 parecia desbrochar para idade adulta e ousou gravar Partuy Monster, uma produção um tanto alternativa que enfoca os excessos do mundo clubber nova-iorquino. Tudo no filme, dos figurinos às performances do elenco, é marcadamente gay. E o personagem de Macaulay não foge à regra, pois baseado em fatos reais ele passa a ser o famoso Michael Alig das noites nova-iorquinas nos anos 90 que hoje se encontra na cadeia por ter assassinado seu companheiro de apartamento à marteladas. Macaulay, inclusive, até foi à prisão visitar o verdadeiro Michael Alig, em laboratório para caracterizar por completo seu personagem.

Em 17 de setembro de 2004, Culkin foi preso em Oklahoma  City por posse de 17.3g de maconha e de duas substâncias controladas, chamadas Alprazolam e clonazepam.  

Era amigo e é padrinho de um dos filhos do cantor  Michael Jackson (1958-2009), e fez um participação no videoclipe da canção “Black or White”, do cantor. Acusações relacionadas à supostos abusos por parte de Michael a Macaulay surgiram em 2003, mas foram totalmente desmentidas por ambas as partes.

Hoje, ele ainda  continua sendo ator. Desde do inicio do ano ele faz pontas em um seriado americano. Nada parecido com glamour dos tempos de Esqueceram de Mim.

Publicado por: Miscelânea | 17/11/2009

Os perigos do Muro de Berlim

Por Lautaro de Lima

Amigos navegantes, estamos homenageando esta semana o Muro de Berlim sob vários ângulos. Do ponto de vista tecnológico tivemos armas letais que serviram para evitar qualquer tentativa de união entre ocidente e oriente. Mais de 1000 pessoas – mais precisamente 1065 – foram mortas.

No começo o Muro tinha um par de vagões e muito arame farpado. E no fim tinha 155 KM de extensão, uma altura média de 4 metros e 1,2 metros de espessura. Composto por armadilhas para tanques, pista operacional, obstáculos para tanques, cerca de arame – com 148KM de extensão – e uma cerca de malha de aço com 2 metros de altura. Havia uma parte do Muro que estava enterrada, com cerca de 2 metros de profundidade, para evitar fugas através de buracos cavados.

Cerca de 148 KM de cercas foram instaladas durante os 28 anos de vida do Muro de Berlim

A chamada Zona da Morte era uma faixa de segurança extrema que impedia os alemães do oriente de chegar ao Muro. Nessa faixa haviam tapetes de aço com pinos de 14 cm de comprimento, que foi apelidado de tabuleiro de aspargo ou gramado de Stálin. Existiam também mais de 300 torres de segurança (com 2 guardas localizados no topo e mais 4 na base), cercas elétricas e alarmes que em contato com o mais sutil toque disparava.

A preocupação se estendeu até aos coelhos da região, por isso o Muro possuía pequenos buracos o que possibilitava o ir e vir dos animais. Cães de guarda e 1200 homens cuidavam da vigilância, o que criou um sistema capaz de saber exatamente o que estava acontecendo e onde.

            O sistema de iluminação noturno era incrível. Os fios de arame disparavam uma luz amarela intensa ao menor toque. Uma outra luz, vermelha, dimensionava quanto o fugitivo havia se distanciado do local. Os 160 mil dispositivos automáticos na divisa que atiravam e matavam qualquer um que se atrevesse a fugir nos mostra o grau de frieza e loucura dos governantes germânicos.

Igreja da Reconciliação foi demolida para facilitar a visão dos guardas

   A Igreja da Reconciliação também não escapou. Ela foi demolida para não obstruir a visão dos guardas.

            Algumas portas foram feitas no muro para que ocorresse uma inspeção feita pelos guardas do lado oriental no lado ocidental. A porta era tão pesada que eram necessários mais de dois homens para abri-la.

            Para atravessar essa faixa tinha que estar bem desesperado mesmo ou maluco porque sobreviver a tantos obstáculos soava impossível.

            E para celebrar os 20 anos sem o Muro uma organização que trata de mediatizar a arte e cultura em Berlim ( a Kulturprojekte Berlin GmbH) criou o Berlintwitterwall.com, uma espécie de parede virtual que serve para que os internautas possam partilhar opiniões e pensamentos sobre o fim do Muro e da divisão política européia e mundial.

O Berlintwitterwall faz com que internautas discutam o fim da queda do Muro

Para mais informações assistam ao vídeo:

http://www.dw-world.de/popups/popup_single_mediaplayer/0,,4838682_type_video_struct_12345_contentId_4450000,00.html?&format=FlashLow

Publicado por: Miscelânea | 17/11/2009

No muro de Berlim

Por Matheus Santos

Os alemães comemoraram na semana passada os 20 anos da “queda do muro de Berlim”, por isso, caros leitores, estou aqui para falar um pouco deste evento que já fora documentado no cinema…

O muro de Berlim em 1989

Foi em novembro de 1989 que a barreira (no meio da cidade de Berlim) que separava a Alemanha Oriental da Alemanha Ocidental foi ao chão, para unificar as duas Alemanha e voltar ao regime que a sustentava antes, o capitalismo. De um dia para o outro, uma nação inteira teve que modificar seus costumes abraçando a cultura e o consumismo do inalcançável mundo ocidental. Hoje, após 20 anos, alguns nostálgicos ainda sentem saudades daqui fora o “socialismo real”.

Cena do filme "Adeus, Lenin!"

Cena do filme "Adeus, Lenin!"

 

No filme Adeus, Lênin!(2003), escrito e dirigido por Wolfgang Becker é possível ver esse universo retratado. A história começa um pouco antes da queda, onde Christiane (Katrin Sass) cuida sozinha de seus dois filhos. Ideológica, Christiane ama a pátria e todos os valores representados pelo socialismo. Ao ver seu filho Alex (Daniel Bruhs) sendo espancado por policiais, ela tem um enfarte e entra em coma.

 

Ao despertar, oito meses depois, o país está completamente diferente. Após a queda do muro, as roupas mudaram, a propaganda invadiu sua cidade, nem mesmo sua marca de pepinos preferida podia ser encontrada nos supermercados locais. Como se já não fosse problema suficiente, o médico avisa Alex que um choque pode ser fatal para Christiane. Como contar a ela, então, que tudo em que ela acreditava não existe mais? Resposta: não contar. Alex resolve isolar a mãe da sociedade, criando um verdadeiro abrigo socialista em seu quarto. O mais incrível é que Alex consegue criar no quarto o que países inteiros não conseguiram: um socialismo perfeito.

 

Em Adeus, lenin!são retratados os dramas individuais tendo a história de pano de fundo. Faz isso com leveza, sensibilidade e humor. A queda do muro, as transformações sociais causadas pelo retorno ao capitalismos e o choque entre as duas culturas. Está tudo lá. E tudo isso com numa roteiro alternado no humor e na dramaticidade.

 

Publicado por: Miscelânea | 17/11/2009

Lev Yashin, O Aranha-Negra

Por Ruan Segretti

Olá  Blogueiros, como prometido estou de volta para falar  de uma  lenda do  outro lado do Muro de Berlin, Lev  Ivanovich Yashin, mais conhecido como Aranha-Negra.

Lev Yaashin nasceu em moscou em 1929, ganhou o apelido de  Aranha-negra (na América pois  na Europa era  chamado  de pantera negra) devido ao uniforme preto  que usava, Lev começou bem longe do futebol, começou jogando hóquei no gelo e  nos primeiros anos de sua carreira no gol ele  até pensou em parar para jogar hóquei.

Sempre defendeu  um único  time durantee sua carreira, o  Dínamo  Moscou, gaanhou 5 campeonatos soviéticos: 1954, 1955, 1957, 1959 e 1963 e Três copas Soviéticas 1953, 1967 e 1970. Disputou 4 copas do mundo pela seleção da URSS: Suécia, em 1958, Chile, em 1962, Inglaterra, em 1966, e México, em 1970.

Yashin foi o único goleiro que ganhou o prêmio bola de ouro (prêmio dado ao melhor jogador do ano), dada a sua habilidade em defender cobranças de pênalti, foram 150 defendidos ao longo da carreira. Em 1968 foi condecorado com a Ordem de Lênin por sua vitoriosa carreira de grande esportista soviético. Deixou os campos em 1971, passando a exercer a atividade de treinador de equipes juvenis e professor de Educação Física.  Em 1975, foi eleito o atleta russo do século, e em 1998, em uma eleição realizada pela Fifa, Yashin foi escolhido o goleiro do século 20.

Lev Yashin será sempre lembrado na posição como o jogador que mais revolucionou a forma com que os goleiros jogam. No decorrer dos anos muitos goleiros tentaram copiar seu estilo mas nenhum deles igualou os feitos do Aranha Negra. Foram 270 jogos sem levar gol e 150 pênaltis defendidos. Lev Yashin é considerado como o melhor goleiro da história das Copas do Mundo. Por isso o Troféu FIFA para o melhor goleiro em um torneio da Copa do Mundo, introduzido em 1994, tem seu nome em honra às suas grandes defesas.

Números:

812 jogos na carreira
326 jogos pelo Dínamo de Moscou na liga soviética
78 jogos pela seleção nacional da extinta União Soviética
150 pênaltis defendidos
270 jogos sem levar gols
Equipes que defendeu:
Dínamo Moscou (1949-1971)
Seleção Soviética (1954-1970)

Lev Ivanovich Yashin

Lev Ivanovich Yashin

“A alegria de ver Yuri Gagarin no espaço só é superada pela alegria de uma boa defesa de um pênalti”

Lev Yashin  (1929 – 1990)

Publicado por: Miscelânea | 16/11/2009

A Alemanha Oriental (RDA) no futebol

Dados da seleção da Alemanha Oriental

Por Ruan Segretti

Olá Blogueiros! Esse mês comemoramos 20 anos da queda do Muro de Berlin, a cortina de ferro que dividia o mundo entre socialistas e capitalistas, e comemorando a ocasião vou falar sobre a seleção de futebol da Alemanha Ocidental. É claro que eu poderia falar na incrível história esportiva da URSS, e seus grandes atletas , quem poderia esquecer do lendário Aranha-negra, Lev Ivanovich Yashin? Mas resolvi manter o foco  deste post apenas na Alemanha, afinal era onde ficava o muro, falarei sobre Yashin no prróximo.

A RDA participou de apenas uma copa, a de 74 (vencida pela sua irmã de muro), e ficou apenas em 5° lugar mas foi nessa copa que tivemos um dos jogos mais marcantes das copas do mundo, o jogo entre as duas Alemanhas, a Oriental venceu a peleja por 1×0 gol de Jürgen Sparwasser, que virou herói após o jogo. Porém existe um boato que a Alemanha Oriental (RFA) teria entregado o jogo para não cruzar com a Holanda, (liderada na época por nada mais nada menos que Johan Cruijff) é claaro que Fraanz Beckenbauer, principal jogaador daa RFA nega com veemência tal absurdo, fato é que a RDA foi pra a segunda fase e jogou exatamente contra a temida Holanda (na época chamada de países baixos) e perdeu por 2×0.

Escalação da RDA na copa de 74: 1 Croy, 2 Kurbjuweit, 3 Bransch, 4 Weise, 5 Fritsche, 6 Schnuphase, 7 Pommerenke, 8 Löwe, 9 Ducke, 10 Kreische, 11 Streich – esse foi o maior artilheiro da RDA, 12 Wätzlich, 13 Lauck, 14 Sparwasser, 15 Vogel, 16 Irmscher, 17 Hamann, 18 Kische, 19 Seguin, 20 Hoffmann, 21 Blochwitz, 22 Friese, Treinador: Buschner

Apesar de não ter lá muita sorte em copas do mundo a RDA se dava muito bem nas Olimpíadas pois levou para o lado direito do muro 4 medalhas, uma de ouro em 76, uma de prata em 80 e duas de bronze em 64 e 72.

Uma curiosidade interessante é que o atual capitão da seleção alemã e um ídolo nacional, Michael Ballack, nasceu e deu seus primeiros passos no futebol na Alemanha Oriental.

O último jogo da seleção Brasileira antes da copa do mundo de 1990 foi exatamente contra a seleção da Alemanha oriental o resultado foi 3×3, o goleiro da Alemanha se destacou no jogo com belas defesas.

5  meses depois o Muro foi derrubado e a Alemanha Oriental se juntou com a Ocidental.

Older Posts »

Categorias